top of page
Buscar

Intraempreendedorismo para Inovação

Ao contrário do que muitos pensam, empreendedorismo não é apenas o processo de implementação de um novo negócio.

Ele é, na verdade, a iniciativa de identificação de problemas, oportunidades, processos, projetos... Essas características não são exclusivas dos empresários. Pessoas com capacidade de resolução de problemas e geradoras de ideias são imprescindíveis para as organizações atualmente.


O termo intraempreendedorismo é creditado ao empresário, autor e inventor Gifford Pinchot, em seu livro Intrapreneuring: why you don’t have to leave the Corporation to become na entrepreneuer, de 1985. É uma maneira de pensar em novos processos e soluções aproveitando os talentos que a organização já tem.


São pessoas que conhecem todas as etapas do negócio, as necessidades dos clientes, como a concorrência trabalha e assim podem trazer uma visão diferenciada para a empresa. Desenvolver o intraempreendedorismo é de grande valia para as empresas, pois pode identificar oportunidades, falhas, adotar uma cultura de inovação e desenvolver ideias e projetos que vão transformar os seus resultados.

Mas como fomentar o intraempreendedorismo em uma empresa?

O primeiro passo deve ser entender como os colaboradores sentem o clima organizacional, se eles se sentem ‘donos do negócio’. Esse sentimento é o que leva à autonomia no dia a dia e desenvolve às ideias de melhorias.


O segundo passo seria o desenvolvimento de uma cultura de inovação, tornando a empresa um ambiente favorável ao compartilhamento de ideias e sem receio de erro. Seguindo essa linha, é importante estar atento aos colaboradores inovadores, são eles que irão disseminar o intraempreendedorismo entre os demais membros da equipe.


Desenvolver as lideranças é uma importante etapa, para que as anteriores sejam percebidas, entendidas e desenvolvidas. Para que uma cultura de inovação seja bem recebida, a liderança deve abandonar velhas práticas, como o microgerenciamento e também não podar os colaboradores com iniciativas inovadoras.

Temos grandes exemplos do resultado de intraempreendedorismo em nosso dia a dia. A multinacional 3M reserva 15% do tempo que os colaboradores passam na empresa para criarem projetos de inovação. Foi nessa chamada ‘regra dos 15%’ que foi criado um dos produtos mais conhecidos da 3M, o post-it.


Seguindo a mesma linha, o incentiva que os funcionários utilizem 20% do seu tempo na empresa para projetos pessoais. O email do google, o Gmail, começou como um projeto de intraempreendedorismo de um funcionário, em 2004.


Vamos nos inspirar nesses exemplos, aprender com que já atua com essas ferramentas e trabalhar o intraempreendedorismo em nossas equipes?!



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Home | Blog | Post

bottom of page